Atualidade

Notícias

ENVIRA AMPLIA A SUA ACREDITAÇÃO COM NOVOS PARÂMETROS E METODOLOGIAS

Publicado em 16/06/2017

Share on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Já estão disponíveis os novos âmbitos de acreditação de ENVIRA como entidade de inspeção e laboratório de ensaio, que se consolida como um dos principais fornecedores de serviço acreditados na área de análise e inspeção ambiental.



Nesta revisão de âmbito de acreditação (ACREDITAÇÃO
Nº 286/LE486
 e ACREDITAÇÃO
Nº 31/EI035
) incluíram-se parâmetros e metodologias novas que
permitirão dar uma melhor resposta à necessidade geral do sector de controlo
ambiental e a necessidades específicas de atividades ou sectores de atividade
específicas:


  • Foram acreditados novos
    ensaios CG-MS que possibilitam a confirmação de tosos os compostos
    orgânicos analisados pelo seu espectro de massa, por exemplo pesticidas e
    COVs. É especialmente relevante a acreditação de uma metodologia por HS-CG-MS
    especifico para a análise de BTEX, MTBE e ETBE em trabalhos de
    monitorização de água e solos de estações de serviço, armazéns e
    instalações similares no sector de hidrocarbonetos. Esta metodologia
    mantém a robustez e variedade das metodologias CG-FID e completa a identificação
    dos compostos com os espectros de massa.

  • Amostragem para análise de
    qualidade do ar através de captador de partículas sedimentáveis. A amostragem
    com amostradores passivos oferece versatilidade no planemaneto de pontos
    de amostragem para grandes áreas ou superfícies, útil para o controlo da
    qualidade do ar e como base prévia para estudos de dispersão, por exemplo.
    A acreditação abrange a amostragem de NH3, NO2, SH2, SO2 e Benzeno.

  • Análise em águas de mar. Amplia-se
    o nº de parâmetros acreditados. Também se ampliam os parâmetros para outras
    "superfícies comerciais “entre as quais se incluem as águas marinhas.
    Entre outros parâmetros, são considerados os sulfatos, fluoretos DQO, e
    novos metais (As, V, Cr, Al) e Pb.

  • Determinação de HCl/CL2 em dissoluções
    captadoras de emissões de fontes estacionárias. Método acreditado de
    acordo com a EPA-9057 relativa aos limites de quantificação respeitante
    aos métodos internos de acreditação.

  • Determinação de Aldeídos e ciclohexanona na
    água. São compostos de crescente interesse ambiental, recolhidos como parâmetros
    de controlo em algumas autorizações de descarga.

  • Determinação e controlo de
    compostos específicos em águas e meio recetor de indústrias químicas e agroquímicas:
    Dimetilacetamica (DMAc), Dimetilformamida (DMF), acetato e picoxystrobin;
    e de  compostos a controlar em estações de tratamento de ouro:
    cianetos.





Este alargamento de âmbito
completa-se com outras melhorias nas metodologias, extensões de matrizes ou
intervalos credenciados. O âmbito de acreditação pode ser consultado em
www.envira.es e www.enac.es.