Atualidade

Eventos

Curso Avançado Cidades Resilientes às Alterações Climáticas

Publicado em 06/03/2018

Share on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

As cidades estão sujeitas, cada vez mais, aos impactos negativos das alterações climáticas, na Europa assim como em todo o mundo. Mesmo num cenário de redução do nível das emissões de gases com efeito de estufa (GEE), o impacto das alterações climáticas irá intensificar-se nas próximas décadas, devido ao efeito retardado das emissões acumuladas e das emissões atuais de GEE.

Assim, a alternativa da gestão municipal das cidades só pode ser adotar medidas de adaptação para aumentar a resiliência urbana e atenuar os inevitáveis impactos climáticos, de forma a minimizar os custos económicos, ambientais e sociais associados. Medidas essas que permitirão adaptar as cidades para fazer face aos impactos negativos de acontecimentos climáticos extremos, cada vez mais frequentes e intensos, como as ondas de calor, as secas, os episódios de precipitação extrema e os ventos fortes. Acresce ainda o agravamento dos fenómenos de crescente invasão e erosão da orla costeira portuguesa.

Estes eventos climáticos são fenómenos difíceis de prever e a ausência ou menor eficácia das medidas de adaptação nas cidades poderá dar origem a perdas de bens materiais e naturais, na interrupção de serviços essenciais ao funcionamento das cidades (como a água e a energia) e até a perdas de vidas humanas.

As estratégias municipais de adaptação assim como as estruturas municipais de resposta são assim fundamentais na implementação nas cidades de medidas de minimização dos impactos climáticos. Importa assim qualificar os agentes envolvidos para os habilitar a identificarem riscos e vulnerabilidades, a avaliar opções de adaptação e a desenvolver estratégias municipais de adaptação às alterações climáticas.

Este curso visa precisamente dar resposta à necessidade de qualificar quadros técnicos nestas temáticas, sendo uma coorganização entre a APEA – Associação Portuguesa de Engenharia do Ambiente e o Departamento de Ambiente e Ordenamento da Universidade de Aveiro.

Objetivos:
• Adquirir, desenvolver e consolidar conhecimentos na área da adaptação àsalterações climáticas;

• Potenciar a reflexão, a iniciativa e o desenvolvimento de competências de gestão orientadas para o aumento da resiliência urbana face aos impactos negativos das alterações climáticas;

• Contribuir para o desenvolvimento e utilização de instrumentos integrados de planeamento e intervenção nas cidades tendo em vista torna-las mais resilientes aos efeitos negativos das alterações climáticas;

• Transmitir conhecimento sobre casos práticos de abordagens integradas ousetoriais de adaptação às alterações climáticas;

• Fomentar a criatividade, a inovação e o desenvolvimento de novas soluções de adaptação para as cidades.

DestinatáriosEste Programa é dirigido a quadros técnicos com experiência profissional nosmais variados setores económicos e que pretendam atualizar os seus conhecimentossobre os desafios e estratégia de adaptação das cidades e de aumento daresiliência urbana aos impactes das alterações climáticas.

Coordenação Científica:
A Coordenação Científica do Curso Avançado é assegurada pela Professora Doutora Ana Isabel Miranda, pela Professora Doutora Myriam Lopes e pelo Professor Doutor Carlos Borrego da Universidadede Aveiro.

Localização